Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Coronavírus

Faculdades de Salvador vão ser as primeiras liberadas a retornarem com aulas presenciais

[Faculdades de Salvador vão ser as primeiras liberadas a retornarem com aulas presenciais]
22 de Outubro de 2020 às 17:20 Por: Arquivo/BNews Por: Victor Pinto e Henrique Brinco

A reunião entre o governador da Bahia Rui Costa (PT) e o prefeito de Salvador ACM Neto (DEM) para traçar os rumos da retomada das aulas presenciais, principalmente na capital baiana, nutriu um projeto embrionário de liberar, a partir do início de novembro, a presença dos estudantes nas unidades do ensino. 

Esse seria um teste, com um protocolo especial montado, que abarcaria as faculdades em um primeiro momento. Somente depois as escolas seriam agregadas a retomada. A informação ainda não é oficial, mas o tema foi debatido entre os políticos nessa linha, conforme relato de fontes ouvidas pelo BNews. 

Tanto Estado, quanto o município, trabalham com um prazo de 3 de novembro, mas isso dependerá de como será o comportamento dos índices de infecções do novo coronavírus. Outra corrente defende o início do processo após a eleição. 

No último dia 19, Rui afirmou que as aulas nas escolas estaduais, suspensas desde março devido a Covid-19, devem voltar em um curto período de tempo. "Nós estamos monitorando e avaliando isso [retorno] junto a decisão de outros estados. Hoje, estamos mais próximos que distantes do retorno às aulas. Na última coletiva que dei, acho que há uns 20 dias, estavámos com uma média de 40 mortes, caímos para um patamar de 30, umas 28, 27 [mortes]. Se a gente reduzir para abaixo de 20, nos encoraja para voltar dentro daqueles protocolos que já temos pronto", disse Rui.

O petista e o democrata ainda estão apreensivos sobre a possibilidade de segunda onda de contágios do novo coronavírus, como tem acontecido na Europa, mas ao mesmo tempo querem buscar uma solução segura para o retorno das atividades escolares presenciais. A volta às aulas com os universitários seria um bom termômetro sobre a adesão de medidas preventivas dentro do ambiente educacional.

A reunião aconteceu de maneira virtual nesta quarta-feira (21) e, além de Neto e Rui também contou com as presenças dos secretários estadual e municipal de Saúde, Fábio Vilas-Boas e Leo Prates (PDT). "Aproveitamos a ocasião para discutir a questão da educação na nossa cidade. Estamos juntos lutando contra o coronavírus", escreveu Prates, nas redes sociais.

Além das medidas, o governo estadual também tem feito a testagem de diversos alunos de escolas públicas. Passada a reabertura das faculdades, o próximo passo poderá ser a reabertura de escolas para alunos do ensino médio, a exemplo de São Paulo.

Leia também: Governo do Estado e prefeitura de Salvador realizam reunião para alinhar enfrentamento a Covid-19

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso